para-ref@hotmail.com

LUZ

Disciplina,fé, perseverança,humildade,compaixão e fraternidade
Em exercício são degraus necessário,
E o esforço íntimo de renovação uma contante
Para aqueles que buscam a união com a Divina luz do amor

11 de fev de 2012

É muito complicado, quando você está tentando conquistar uma coisa quase impossível. 
Você se esforça, se esforça, e tudo o que consegue é evoluir um pouquinho depois de meses, anos? 
Aí quando você se sente feliz pela sua tão pequena conquista,
 tão pequena perto daquilo que quer, um ato, uma palavra ou um gesto errado, 
te fazem voltar no zero, e ter que reiniciar tudo de novo. 
Será que um dia ainda da pra conseguir?


Tanara Coscia
Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença.
 Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: 
quer-se absorver a outra pessoa toda. 
Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira 
é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.
— Clarice Lispector —
"Depois da tempestade... 
vem a bonança... 
Vem a felicidade, no lugar da saudade... 
Vem o amor, trazendo seu calor... 
Vem o amor, no lugar da dor... 
A dor de perder, que traz o sofrer... 
O amor, é da vida o amanhecer... 
A dor, é o seu anoitecer... 
Amanhecer, com o brilho do sol... 
Anoitecer, com o escuro após o arrebol... 
Vamos viver o amor enquanto existir, 
Vamos viver com sinceridade, sem fingir... 
Não deixemos que essa tempestade, 
abale do amor, a felicidade...
Sorte daqueles que no mundo de hoje, 
tem o privilégio de possuir um amigo fiel, porque o tempo passa , 
e as pessoas ao invés de demonstrarem solidariedade, compreensão, respeito, honestidade, simpatia, educação, 
bom senso e etc, que são princípios dos verdadeiros amigos, 
agem de forma inversas aos conceitos divinos."

REFLITA : 
"Lembre-se de que vc mesmo é o melhor
Secretário de sua tarefa,
O mais eficiente propagandista de seus ideais, 
A mais clara demonstração de seus princípios, 
O mais alto padrão do ensino superior que seu
Espírito abraça e a msg viva das elevadas
Noções que Vc transmite aos outros.


Não se esqueça, igualmente, de que 
O maior inimigo de suas 
Realizações mais nobres, 
A completa ou incompleta negação do
Idealismo sublime que vc apregoa, 
A nota discordante da sinfonia 
Do Bem que pretende executar, 
O arquiteto de suas aflições 
E o destruidor de suas 
Oportunidades de elevação - 
É VC MESMO"

_ Chico Xavier _
Chamo-te de Amigo, expressão que me ensina 
a viver, a repensar o silêncio da alma, a reconhecer 
o coração, a manifestar inteira confiança. 
Chamo-te de Amigo seja homem ou mulher
não exige, aqui, sexo, cor, raça, idade, religião, 
em teu olhar percebo a verdade, em teus lábios a 
ternura, em teus atos a gratidão.
Chamo-te de Amigo, palavra que merece respeito,
envolve vida, história, realização,constrói caminhos,
faz surgir alegrias, espalhando transformação.
Confie...

As coisas acontecem na hora certa.
Exatamente quando devem acontecer!
Momentos felizes, louve a Deus.
Momentos difíceis, busque a Deus.
Momentos silenciosos, adore a Deus.
Momentos dolorosos, confie em Deus.
Cada momento, agradeça a Deus.
 

Sonhos de Deus

Eu sei
Que meus sonhos
São grandes,
Mas são sonhos de Deus.

Eu creio
Nesse Deus que abre as portas
Que move mares
E acende estrelas
Esse mesmo que desenhou
Cada detalhe do que vejo
E realiza milagres
Onde ninguém mais chega
Toca tudo que não posso ver
Mas posso senti-lo
Quando clamo!

Ele,por mim peleja...

*Sirlei L. Passolongo*

"Eu sei que todos os dias quando eu

acordo Deus dá um sorriso e me diz:

Estou te dando a chance de

tentar de novo."


Caio Fernando Abreu
“Que a cada manhã a sua coragem acorde bem
juntinho de você,sorria pra você, e o convide
para viverem uma história toda nova,apesar do
cenário aparentemente costumeiro.
Que tenha saúde no corpo, saúde na alma,
saúde à beça.”

(Ana Jácomo)
Eu sei que é difícil esperar,mas Deus

tem um tempo pra agir e pra curar.

Só é preciso confiar.


Pe. Fábio de Melo
Na vida, 
não vale tanto 
o que temos 
nem tanto importa 
o que somos. 

Vale o que realizamos 
com aquilo que possuímos 
e, acima de tudo, 
importa 
o que fazemos de nós. 

Extraído do livro: "Caminhos", 
de Francisco Cândido Xavier. 
Ditado pelo Espírito Emmanuel.
Quando as coisas estão erradas e o momento é de crise,
não pense que todos os esforços têm sido em vão, segue.

Talvez tudo seja para melhor.

Sorria...
E experimente outra vez.

Pode ser que o seu aparente fracasso
venha a ser a porta mágica que conduzirá
para uma nova felicidade que você jamais conheceu.

Você pode estar enfraquecido pela luta,
mas não se considere vencido.

Isso não quer dizer derrota.

Não vale a pena gastar o seu precioso tempo
em lágrimas e lamentos.

Levante se.

Siga em frente outra vez.

E, se você guardar em mente o objetivo de suas aspirações,
os seus sonhos se realizarão.

Tire proveito dos seus erros.
Colha experiência de suas dores.
E então, um dia você dirá:
Graças a Deus.

"Eu ousei experimentar outra vez e reencontrei a paz, o amor e a felicidade."



Bárbara Coré

 Almada Negreiros


O sossego da noite, na vilegiatura no alto;
O sossego, que mais aprofunda
O ladrar esparso dos cães de guarda na noite;
O silêncio, que mais se acentua,
Porque zumbe ou murmura uma coisa nenhuma no escuro ...
Ah, a opressão de tudo isto!
Oprime como ser feliz!
Que vida idílica, se fosse outra pessoa que a tivesse
Com o zumbido ou murmúrio monótono de nada
Sob o céu sardento de estrelas,
Com o ladrar dos cães polvilhando o sossego de tudo!

Vim para aqui repousar,
Mas esqueci-me de me deixar lá em casa,
Trouxe comigo o espinho essencial de ser consciente,
A vaga náusea, a doença incerta, de me sentir.

Sempre esta inquietação mordida aos bocados
Como pão ralo escuro, que se esfarela caindo.
Sempre este mal-estar tomado aos maus haustos
Como um vinho de bêbado quando nem a náusea obsta.

Sempre, sempre, sempre
Este defeito da circulação na própria alma,
Esta lipotimia das sensações,
Isto...

(Tuas mãos esguias, um pouco pálidas, um pouco minhas,
Estavam naquele dia quietas pelo teu regaço de sentada,
Como e onde a tesoira e o ideal de uma outra.
Cismavas, olhando-me, como se eu fosse o espaço.
Recordo para ter em que pensar, sem pensar.
De repente, num meio suspiro, interrompeste o que estavas sendo.
Olhaste conscientemente para mim, e disseste:
"Tenho pena que todos os dias não sejam assim" —
Assim, como aquele dia que não fora nada ...

Ah, não sabias,
Felizmente não sabias,
Que a pena é todos os dias serem assim, assim:
Que o mal é que, feliz ou infeliz,
A alma goza ou sofre o íntimo tédio de tudo,
Consciente ou inconscientemente,
Pensando ou por pensar
Que a pena é essa ...

Lembro fotograficamente as tuas mãos paradas,
Molemente estendidas.
Lembro-me, neste momento, mais delas do que de ti.
Que será feito de ti?
Sei que, no formidável algures da vida,
Casaste. Creio que és mãe. Deves ser feliz.
Por que o não haverias de ser?

Só por maldade...
Sim, seria injusto...
Injusto?

(Era um dia de sol pelos campos e eu dormitava, sorrindo.)

A vida...
Branco ou tinto, é o mesmo: é para vomitar.
 Álvaro de Campos

Amo como o amor ama.
Não sei razão pra amar-te mais que amar-te.
Que queres que te diga mais que te amo,
Se o que quero dizer-te é que te amo?
---

Quando te falo, dói-me que respondas
Ao que te digo e não ao meu amor.
---

Ah! não perguntes nada; antes me fala
De tal maneira, que, se eu fôra surda,
Te ouvisse todo com o coração.
Se te vejo não sei quem sou: eu amo.
Se me faltas [...]
...Mas tu fazes, amor, por me faltares
Mesmo estando comigo, pois perguntas -
Quando é amar que deves. Se não amas,
Mostra-te indiferente, ou não me queiras,
Mas tu és como nunca ninguém foi,
Pois procuras o amor pra não amar,
E, se me buscas, é como se eu só fôsse
Alguém pra te falar de quem tu amas.
---

Quando te vi amei-te já muito antes.
Tornei a achar-te quando te encontrei.
Nasci pra ti antes de haver o mundo.
Não há cousa feliz ou hora alegre
Que eu tenha tido pela vida fora,
Que o não fôsse porque te previa,
Porque dormias nela tu futuro.
---

E eu soube-o só depois, quando te vi,
E tive para mim melhor sentido,
E o meu passado foi como uma 'strada
Iluminada pela frente, quando
O carro com lanternas vira a curva
Do caminho e já a noite é tôda humana
---

Quando eu era pequena, sinto que eu
Amava-te já longe, mas de longe...
---

Amor, diz qualquer cousa que eu te sinta!
-Compreendo-te tanto que não sinto,
Oh coração exterior ao meu!
Fatalidade, filha do destino
E das leis que há no fundo dêste mundo!
Que és tu a mim que eu compreenda ao ponto
De o sentir...?
---


Fernando Pessoa


O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer
Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr'a saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!
Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...

Fernando Pessoa 


Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.
 Fernando Pessoa

Dá a surpresa de ser.
É alta, de um louro escuro,
faz bem só pensar em ver
seu corpo meio maduro.

Seus seios altos parecem
(se ela estivesse deitada)
dois montinhos que amanhecem
sem ter que haver madrugada.

E a mão do seu braço branco
assenta em palmo espalhado
sobre a saliência do flanco
do seu relevo tapado.

Apetece como um barco.
Tem qualquer coisa de gnomo.
Meu Deus, quando é que eu embarco?
Ó fome, quando é que eu como?

Fernando Pessoa 


O que me dói não é
O que há no coração
Mas essas coisas lindas
Que nunca existirão...
São as formas sem forma
Que passam sem que a dor
As possa conhecer
Ou as sonhar o amor.

São como se a tristeza
Fosse árvore e, uma a uma,
Caíssem suas folhas
Entre o vestígio e a bruma.
  
Fernando Pessoa

Dorme enquanto eu velo...
Deixa-me sonhar...
Nada em mim é risonho.
Quero-te para sonho,
Não para te amar.

A tua carne calma
É fria em meu querer.
Os meus desejos são cansaços.
Nem quero ter nos braços
Meu sonho do teu ser.

Dorme, dorme. dorme,
Vaga em teu sorrir...
Sonho-te tão atento
Que o sonho é encantamento
E eu sonho sem sentir.

Fernando Pessoa
Amigo é sinônimo de ternura
Nossa doce companhia
É um parceiro na procura
E cúmplice na alegria

Amigo é presença abençoada
Anjo que apóia e incentiva
O par ideal para a jornada
Que junto a nós nos sensibiliza

Amigo é por fim quase um irmão
Que jamais deixa de nos procurar
Seja para sorrir ou chorar
Alegrando-nos sempre o coração...

AMOR

Que teu amor transforme
Os teus dramas em luz
A tua tristeza em celebração,
E os teu passos cansados
em alegres passos de dança renovadora
Que jamais, em tempo algum,
Tu esqueças da presença que esta em ti e em todos os seres
que teu viver seja pleno

A PROCURA DA PAZ

Se tristeza vier por qualquer motivo,faça o seguinte:
Evite as sombras que ficaram para tráz, olhe o caminho a sua frente e siga sempre. Assopre o pensamento triste, deixe escorrer a última lágrima,vá até o final do poço, mas volte renovado. Então respire fundo tirando da natureza a energia para elevar sua alma. Abra então a janela, aquela que dá para o vôo dos pardais, procure a luz que pisca adiante. Ao encontrá-la, coloque-a dentro do peito,de tal jeito que possa ser notada do lado de fora; Espalhe esta luz em torno de si...
De amor a todas as criaturas vivas...
A felicidade é o seu objetivo... e a paz que você procura sera encontrada dentro de de você onde DEUS deixou um pedacinho de si.