para-ref@hotmail.com

LUZ

Disciplina,fé, perseverança,humildade,compaixão e fraternidade
Em exercício são degraus necessário,
E o esforço íntimo de renovação uma contante
Para aqueles que buscam a união com a Divina luz do amor

15 de fev de 2012

A sorte do amor que teve

Um dia você conhece alguém e se dedica imensamente a essa pessoa...
Você entrega-se à ela com toda alma e coração. 
Na verdade, desde então não existe um único pensamento seu em que esta pessoa não apareça. 
Você à ama sobremaneira, e chega mesmo a esquecer de si, 
para cuidar unicamente dela, 
até que um belo dia teu mundo desaba e você percebe 
cruelmente 
que o sentimento que você nutria era só seu, 
que não havia nada além daquele teu imenso amor por ela. 
Neste dia, não te desaponte, não entristeça. 
Olhe para os céus e agradeça por ter conhecido a sublime dádiva do amor, 
mesmo que apenas você tenha realmente amado.
E por ter sido real e verdadeiro o teu amor
inspire-se, e cante para sempre os momentos felizes 
da sorte do amor que teve...


Augusto Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMOR

Que teu amor transforme
Os teus dramas em luz
A tua tristeza em celebração,
E os teu passos cansados
em alegres passos de dança renovadora
Que jamais, em tempo algum,
Tu esqueças da presença que esta em ti e em todos os seres
que teu viver seja pleno

A PROCURA DA PAZ

Se tristeza vier por qualquer motivo,faça o seguinte:
Evite as sombras que ficaram para tráz, olhe o caminho a sua frente e siga sempre. Assopre o pensamento triste, deixe escorrer a última lágrima,vá até o final do poço, mas volte renovado. Então respire fundo tirando da natureza a energia para elevar sua alma. Abra então a janela, aquela que dá para o vôo dos pardais, procure a luz que pisca adiante. Ao encontrá-la, coloque-a dentro do peito,de tal jeito que possa ser notada do lado de fora; Espalhe esta luz em torno de si...
De amor a todas as criaturas vivas...
A felicidade é o seu objetivo... e a paz que você procura sera encontrada dentro de de você onde DEUS deixou um pedacinho de si.