para-ref@hotmail.com

LUZ

Disciplina,fé, perseverança,humildade,compaixão e fraternidade
Em exercício são degraus necessário,
E o esforço íntimo de renovação uma contante
Para aqueles que buscam a união com a Divina luz do amor

3 de jan de 2013

ALGEMAS

Indiscutivelmente, em todas as paisagens da Terra, observamos fardos e prisões que atormentam a vida...

Algemas de ódio, cristalizando a treva em torno das almas...

Algemas de egoísmo, enregelando corações...

Algemas de vingança, estabelecendo perturbações e discórdia...

Algemas do azedume, provocando amargura e enfermidade...

Algemas da ignorância, gerando chagas de penúria...

Na vida social, permanece a criatura encadeada a deveres que lhe martirizam a existência, tanto quanto no lar, antigos companheiros que ontem se acumpliciavam na crueldade, hoje se prendem uns aos outros em tremendos conflitos expiatórios...

Cada espírito renasce no berço com as algemas que forjou para si mesmo no passado próximo ou remoto, a fim de realizar a caminhada regeneradora através de lutas e problemas edificantes até o túmulo, para que o túmulo seja preciosa emancipação.

Recorda o Cristo, o grande libertador, e apresenta-lhe, cada dia, com o suor do próprio trabalho, os grilhões que porventura te releguem à inibição. E, seguindo-lhe os passos na senda de amor que serve e perdoa sempre, compreenderás que, se a Terra em muitos casos ainda é a penitenciária do sofrimento, podes romper os cárceres que te guardam na sombra, deles fazendo a escola do reajuste e a escada da ascensão desde hoje.

Emmanuel
Psicografia de Francisco Cândido Xavier
Do livro: Instrumentos do Tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMOR

Que teu amor transforme
Os teus dramas em luz
A tua tristeza em celebração,
E os teu passos cansados
em alegres passos de dança renovadora
Que jamais, em tempo algum,
Tu esqueças da presença que esta em ti e em todos os seres
que teu viver seja pleno

A PROCURA DA PAZ

Se tristeza vier por qualquer motivo,faça o seguinte:
Evite as sombras que ficaram para tráz, olhe o caminho a sua frente e siga sempre. Assopre o pensamento triste, deixe escorrer a última lágrima,vá até o final do poço, mas volte renovado. Então respire fundo tirando da natureza a energia para elevar sua alma. Abra então a janela, aquela que dá para o vôo dos pardais, procure a luz que pisca adiante. Ao encontrá-la, coloque-a dentro do peito,de tal jeito que possa ser notada do lado de fora; Espalhe esta luz em torno de si...
De amor a todas as criaturas vivas...
A felicidade é o seu objetivo... e a paz que você procura sera encontrada dentro de de você onde DEUS deixou um pedacinho de si.